Divã Veterinário
Consumidores Conscientes

Ovos e o Bem-Estar

Mayra Catharino557 views

No primeiro post da série, eu fiz uma pequena reflexão sobre a necessidade de nos tornarmos consumidores melhores (se você não viu, clique aqui). Agora vamos começar a “conscientização”. Como na publicação anterior comentei sobre a produção de ovos, achei apropriado começar por esse tema.

Ovos e o Bem-Estar 1

Primeiramente vamos aprender como identificar um produto que está comprometido com o bem-estar animal.

A Humane Farm Animal Care (HFAC) é uma organização internacional que se dedica a criar um mundo mais humano para os animais de produção. Para isso há uma série de regras e padrões para cada tipo de cultura. Se o produtor adequou a propriedade as exigências, é realizada uma auditoria. Caso preencha os requisitos, é atribuído o  Certified Humane Raised and Handled® ao produto e a cada 12 meses é realizada uma fiscalização para garantir o cumprimento da proposta. No Brasil, esse certificado ficou sob responsabilidade do grupo Ecocert.

Ovos e o Bem-Estar 2

Para a produção de ovos são utilizados os padrões para criação de galinhas poedeiras (que é o nome dado para a galinha selecionada para a postura). São especificações bem completas que abrangem alimentação, o ambiente, gerenciamento, saúde e transporte. (Para os interessados deixarei o link para acessar no final do post).

Como vocês puderam reparar, são inúmeros requisitos e não daria para abordar todos em um único post. Então selecionei somente alguns para vocês observarem as mudanças na qualidade de vida do animal.

Na questão espaço, a diferença é drástica. No método comum, as poedeiras encontram-se em cubículos, muitas vezes dividindo o minúsculo cômodo com outra (em algumas produções são outraS).

Ovos e o Bem-Estar 3

Já na produção comprometida com bem-estar animal, as poedeiras ganham, além de espaço e liberdade, uma área externa[1], ninho individual[2], poleiros[3] e área de banho de areia[4]. (Só nesses itens deu para reparar a monstruosa diferença de realidade, né?!)

Ovos e o Bem-Estar 4

Além dessa mudança extrema, outro ponto importantíssimo deve ser levado em consideração. No esquema “tradicional”, as galinhas possuem alto nível de estresse devido ao espaço e com isso passam a ter comportamentos canibais. Para evitar tal atitude, realiza-se a debicagem, que consistem no corte das extremidades do bicos na fase de desenvolvimento do pintinho.

Ovos e o Bem-Estar 5

Preciso dizer que no bem-estar animal essa prática é proibida?

Claro que com todas essas especificações há uma agregação de valor aos ovos (traduzindo: eles são mais caros). Porém essa realidade só mudará se o consumidor alterar o pensamento e preferir, não o produto mais barato, e sim o mais humano.

Na Europa e em outros lugares do mundo, as pessoas realmente se importam com isso e lá o bem-estar animal é uma realidade comum, e consequentemente a diferença de preço não é exorbitante. Tanto é, que o Brasil não exporta ovos para esses locais devido à sua produção primitiva. Será que o perfil da produção do nosso país só irá mudar quando os consumidores estrangeiros exigirem ou isso irá partir de nós brasileiros? Cabe a você fazer a sua parte! #Mayrafilosofando

Ovos e o Bem-Estar 6

Na maioria das vezes não encontramos no mercado tal opção. Ou encontramos, mas não está adequada ao nosso orçamento naquele momento. Mas caso encontremos e tivermos condições de pagar, por que não incentivar uma produção mais humana?

Para os que se identificaram, já há uma opção no mercado brasileiro. A Korin, uma empresa brasileira, possui a certificação de ovos com o bem-estar animal. E uma ótima notícia é que ela já está presente em vários Estados. (Deixarei o link de onde encontrar no final do post).

Ovos e o Bem-Estar 7

Espero que vocês tenham gostado da reflexão e das novas informações que eu trouxe nesse post. Deixem comentários, pois o retorno dos leitores é muito importante! Também não esqueçam de compartilhar e ajudar novas pessoas a refletir e quem sabe instigar novos consumidores conscientes.

Um super beijo e até a próxima!


Direitos autorais das fotos (clique aqui)

Quer saber aonde encontrar os ovos da Korin? (clique aqui)

Padrões de produção de galinhas poedeiras segundo o bem-estar animal – Certified Humane (clique aqui)

Mayra Catharino
Médica Veterinária pela Universidade Federal de Viçosa (UFV), apaixonada por fotos e bichos. Enxergou na internet a oportunidade de ajudar pessoas e pets, se encantando pela blogosfera, criando assim o Divã Veterinário. Para saber mais, clique aqui

Gostou? Então comenta!