Divã Veterinário
Locais e Serviços

DogHero: viagens tranquilas, pets felizes.

Mayra Catharino2 comments555 views

Eu amo a praticidade que a tecnologia nos permite, especialmente na hora de procurar serviços e resenhas. E nas minhas “fuçadas” na internet, encontrei uma iniciativa para pets que fiquei apaixonada: A DogHero!

Explicando de maneira bem simplificada, a DogHero é um site – e também um aplicativo – que facilita encontrar pessoas que podem hospedar temporariamente animais em sua casa. Seria um hotelzinho, porém com as vantagens de um lar.

Para explicar melhor como funciona e esclarecer algumas dúvidas, entrei em contato com a empresa que foi extremamente solicita e aceitou uma pequena entrevista para o Divã Veterinário. Então vamos as perguntas!

DogHero

Como funciona a DogHero?
É uma plataforma que seleciona e aproxima o melhor anfitrião para hospedar e cuidar temporariamente do animal.
Os anfitriões – interessados em receber os animais – elaboram um perfil contando sobre sua experiência e seu carinho por animais, adicionam fotos dos cachorros residentes e do ambiente, além de informações como: localização, tipo de propriedade (casa ou apartamento), veículo para emergência, presença de outros animais e existência de área externa. A partir desses dados, o tutor do cachorro entra em contato com o anfitrião que mais lhe agrada e combina os detalhes da hospedagem. O preço da estadia é estipulado por cada anfitrião, mas a média de valor do site é de R$50.

Como surgiu a ideia?
Qualquer pessoa ou família que possui um cachorrinho de estimação se depara com um problema bem comum na hora de se ausentar de casa por um longo período: com quem vou deixar o animal? As que recorrem aos canis e hotéis pets reclamam do tratamento frio que os bichos recebem nestes lugares e, com receio de não os tratarem bem, alguns tutores cancelam seus compromissos quando não podem levar o animal junto.
Ao notar que conhecidos sempre passavam pela situação e, impossibilitado de ter um pet por causa da frequência com que viaja com sua esposa, Eduardo Baer, que sempre foi apaixonado por cachorros, resolveu unir os dois problemas e criar uma solução diferenciada no mercado brasileiro.
Ao encontrar o colega, Fernando Gadotti, durante o MBA na Universidade de Stanford, Eduardo apresentou a ideia, e, juntos, fundaram a DogHero.

10952862_829273163816322_4159299063039105800_n

A DogHero está presente em quais locais?
A empresa atua com força em São Paulo e Rio de Janeiro, mas está crescendo muito nas regiões de Porto Alegre, Belo Horizonte, Curitiba, Brasília, Campinas, Vitória, Florianópolis e Salvador.

Existe processo para seleção dos anfitriões? Como funciona?
Para ser um anfitrião, o candidato precisa se cadastrar no site e passar por um criterioso processo seletivo, que inclui entrevistas por telefone, análise da casa por meio de fotos, e até mesmo levantamento de antecedentes criminais. A ideia do negócio não é fazer com que o anfitrião viva financeiramente dessa atividade, mas que faça isso porque gosta da companhia de um animal e pense na renda como algo complementar.

A empresa possui os dados dos anfitriões, como por exemplo a cópia de documentos e os comprovantes de residência?
Sim, possuímos.

São exigidas carteira de vacinação, vermifugação e controle de ectoparasitas dos clientes? E dos animais dos anfitriões?
Sim. Recomendamos sempre que anfitrião exija esta documentação dos seus hóspedes e os hóspedes também devem solicitar estas documentações do anfitrião.

10959741_785564824853823_2465744834991663926_n

 Caso ocorra alguma emergência, o animal terá algum respaldo pela DogHero?
 Para tranquilizar ainda mais os responsáveis do animal quanto à segurança do serviço, a empresa oferece uma garantia de R$ 5 mil para emergências veterinárias.

Existe algum protocolo pré-estabelecido para caso haja problemas com anfitrião?
Caso haja qualquer problema com o anfitrião, o cliente deve imediatamente entrar em contato com a equipe de suporte DogHero através dos telefones (11) 4063-3710, (21) 4063-3710, pelo site, aplicativos ou pelo e-mail ajuda@doghero.com.br

10955522_840090742734564_2592951728576626999_n2

Se o anfitrião for ruim, como a DogHero age diante disso?
Nosso processo seletivo é bastante criterioso e por isso não temos muitos casos como este.
Após todas as hospedagens o cliente é convidado a deixar uma avaliação. Esta avaliação fica disponível no perfil do anfitrião para que os demais saibam. Caso haja algo grave, a DogHero se reserva o direito de descadastrar o anfitrião em questão da rede.

E como sabemos que um anfitrião é bom?
Após o término do serviço de hospedagem, o cliente deixa sua declaração e avalia o anfitrião que recebeu o seu cachorro. Ele pode contar como foi sua experiência, vantagens de hospedar com determinado anfitrião, entre outras coisas. Esse é o melhor termômetro para saber se o atendimento do anfitrião é bom.

10995438_838951232848515_2603949264661712669_n

E danos ao patrimônios dos anfitriões? Existe alguma orientação da empresa para caso isso ocorra?
Recomendamos que o anfitrião retire quaisquer objetos de valor de locais que possam ser danificados pelo hóspede. Além disso, recomendamos um pré-encontro para que o próprio anfitrião avalie se o cachorro em questão se adequa a sua casa.

O pagamento é seguro? Como ele ocorre?
Sim. O pagamento é feito por cartão de crédito ou boleto bancário, diretamente no aplicativo ou no site. Todo suporte e assistência ficam por conta do DogHero. O repasse do anfitrião é feito após o fim da hospedagem, na conta corrente do anfitrião pela DogHero.

Qual a vantagem de se contratar serviços através da DogHero?
A experiência do animal é única, incomparável. Isso para nós não tem preço. O cachorro é atendido de forma especial, lá (na casa do anfitrião) ele será o Totó, e não o poodle preto. A rotina do cachorro é mantida e ele passará os dias longe de seu tutor da melhor forma possível.  Além disso, oferecemos a garantia veterinária para oferecer ainda mais segurança

47

Uma das curiosidades é que muitos da equipe DogHero são também anfitriões. O Golden da foto é o Thor, um hóspede frequente na casa do Edu.

Uffa! Acho que consegui esclarecer as principais dúvidas acerca da plataforma. E o cachorreiros e gateiros, o que acharam? Gostaram da ideia? Já utilizaram a DogHero? Me contem nos comentários!

Para mais informações, visite o site e as redes sociais da DogHero:

Um abraço especial para equipe DogHero, muito obrigada pela atenção e o carinho em responder o blog.

Um SUPER beijo e até a próxima!


Redes Sociais do Divã Veterinário: Facebook | Instagram | Twitter | Youtube

Direitos Autorais: Todas as imagens foram retiradas da página do Facebook da DogHero.

Mayra Catharino
Médica Veterinária pela Universidade Federal de Viçosa (UFV), apaixonada por fotos e bichos. Enxergou na internet a oportunidade de ajudar pessoas e pets, se encantando pela blogosfera, criando assim o Divã Veterinário. Para saber mais, clique aqui

2 Comments

  1. Sou anfitriã da Doghero a 2 meses e estou amando cada dia mais! Sou suspeita pra falar pois me apaixono por cada hóspede rsrsrs. Trato exatamente como se fosse meu, e modéstia a parte, trato muito bem… na maior mordomia e carinho. E é nítida a diferença que os “pais” retratam quando nos compara a hoteizinhos, pois eles falam que é como se o bichinho nem tivesse saído de casa, na verdade, eles chegam em casa e dormem bastante devido a tanta energia gasta, principalmente os que não tem a companhia de outros cães.
    O suporte que a Doghero dá tanto pros clientes quanto pros anfitriões é sensacional! Não é aquela coisa automática que algumas empresas fazem, o famoso copia e cola.
    Pra mim é um prazer imenso fazer parte!

    1. Fico tão feliz em ler algo assim, Camila.
      Eu realmente adorei o aplicativo e acho que ajudará muitos meus leitores.
      Tenho uma colega de turma que disse que tbm faz parte da Dog Hero e que é maravilhoso.
      Muito obrigada pelo seu retorno.

      Abraços!

Gostou? Então comenta!