Divã Veterinário
Histórias de Amizade

Mila ♥

Mayra Catharino1 comment227 views

Para estear a série “Histórias de Amizade”, nada mais justo que contar a história da minha cachorra, a Mila.

1393850_750986894915394_1792607609_n

Essa história teve começo quando outra chegou ao fim. Meu pastor alemão, o Astor, faleceu por problemas cardíacos dez dias antes do Natal de 2007. Com um enorme quintal, uma saudade absurda e sem outro pet para requisitar nossa atenção, minha família foi ficando melancólica. Então minha mãe deu um basta na tristeza e decidiu adotar um novo cachorro.

Como a nossa rotina era um pouco atarefada e necessitávamos de um cão para auxiliar na segurança da casa, meus pais decidiram por um cachorro já adulto. No começo, eu e meu irmão fomos contra, pois queríamos aproveitar a fase de filhote do novo cachorro, que diga-se de passagem, é uma delícia.

44807_156380111042745_6214485_n (Astor quando era filhote)

Na mesma época, um programa de televisão (Amigo Animal com Leila Abreu) mostrou a história dessa cachorra fofa que hoje posso chamar de minha. Ela era um cão de rua e em seu primeiro cio, um macho com um porte maior que o dela, a encontrou. Doze filhotes foi o resultado desse cruzamento. Como vivia na rua, não conseguia sair para procurar comida, pois não podia abandonar a cria. Conclusão, ela estava desnutrida e dois dos pequeninos morreram pelas condições inadequadas. Com isso, as pessoas se mobilizaram e chamaram uma ONG aqui de Santos, que recolheu a Mila e os 10 cachorrinhos restantes. O programa de TV auxiliou a ONG e noticiou o que acabei de contar para vocês.

1073178_750986978248719_736246888_o

Em pouco tempo, os babys foram adotados, restando somente a Mila e um pequenino. E então, minha mãe foi buscá-la. Como disse antes, meu irmão e eu tínhamos preferência por um filhote, porém nosso cotidiano não era compatível com os cuidados necessários para essa idade.

Essa fofa não foi adotada antes, pois todas as vezes que as pessoas chegavam perto dos filhotes, ela rosnava. Puro instinto materno elevado ao mais alto grau de proteção.

1384279_750986794915404_1945797074_n

Nos primeiros dias em casa, ela era muito assustada. Urinava de medo por qualquer motivo e não chegava perto do meu irmão. Tudo isso foi fruto de seus anos na rua, época em que vivia entre a caridade e os maus tratos das pessoas.

Hoje é a caçula da família. Saudável, mimada e o xodó da casa. Passeia 2 vezes ao dia e quando possível viaja conosco. Até no almoço de domingo na casa da vó, ela sempre está presente.

1450980_750986791582071_830061996_n

Linda a história da Mila não? Você também têm uma história bonita do seu pet? Compartilhe com a gente! É só mandar um e-mail com fotos para contato@divaveterinario.com.br (não esqueça de colocar no assunto “histórias de amizade”)

 

Beijos e até o próximo post!

OBS: Não há fotos minhas com a Mila, porque essa pentelha detesta tirar fotos!

Mayra Catharino
Médica Veterinária pela Universidade Federal de Viçosa (UFV), apaixonada por fotos e bichos. Enxergou na internet a oportunidade de ajudar pessoas e pets, se encantando pela blogosfera, criando assim o Divã Veterinário. Para saber mais, clique aqui

1 Comment

Gostou? Então comenta!