Divã Veterinário
Felinas

Mania de Raça: Maine Coon

Mayra Catharino746 views

Estou tentando voltar com a programação normal aqui do Divã, mas está complicadíssimo. As provas ainda continuam e a dor no pescoço não quer largar de mim. Mas isso não é o suficiente para me afastar do meu cantinho preferido. Então se embora em mais um post da série Mania de Raça. Hoje, não vou falar de um gato, mas sim de um super gato: o Maine Coon.

Conhecido como o “Gigante Gentil”, esse pet já arremata muitos corações com seu tamanho.  É amor à primeira vista! – Mas se isso não é o suficiente para fazer você se apaixonar, há muitas outras características que vão, com certeza, te conquistar!

Sua origem é meio nebulosa, mas acreditasse que representam uma das raças naturais mais antigas da América do Norte. É considerado nativo do estado de Maine, sendo o gato oficial do estado – seja lá o que isso quer dizer.

maine coon 2

Há algumas lendas muito engraçadas em torno do Maine Coon, mas a minha preferida é sobre sua origem a partir de acasalamentos entre gatos e guaxinins. Esse mito é reforçado por sua cauda espessa e sua coloração – Biologicamente impossível, mas extremamente divertido!

The-head-and-hands-of-a-cute-and-cuddly-raccoon-that-can-be-very-dangerous-beast.-Shutterstock

Hoje, a hipótese mais aceita é que seu surgimento foi produto de cruzamentos entre gatos nativos de pelos curtos com gatos de pelos longos trazidos do exterior, muitas vezes por marinheiros.

É um animal extremamente companheiro, que te seguirá pelos cômodos da casa. Porém sua busca por afeto não é muito alta, ou seja, não será aquele tipo de pet que chamamos de “carente de plantão” ou “gato de colo” – Ele será seu melhor amigo, mas não o seu bebê! (Lembrando que características da personalidade das raças só exprimem uma tendência.)

Possui uma convivência harmoniosa e tranquila com outros gatos, outros animais e até mesmo com crianças. E assim é preferível, pois não é um animal que consegue se habituar com donos que se ausentam muito. – E isso vale para extensas jornadas de trabalho, viu gente?!

Maine Coon 2

Seu enorme casaco de pelos engana muitas pessoas, pois apesar de ser espesso e cheio, requer somente uma a duas escovações semanais. São encontrados Maine Coons de quase todas as cores e padrões, sendo o mais comum o marrom clássico. São aceitos animais com o padrão sólido (branco, preto, azul e vermelho), padrão de tartaruga (preto, azul), padrão malhado (marrom, azul, vermelho, creme) e padrão de prata (prata-preto, azul-prata, vermelho-prata, creme-prata) – Geralmente os padrões e cores de raças são complicados de se entender, mas o Maine Coon é o que está ganhando disparadamente!

Maine Coon 3

Os olhos podem variar do ouro ao verde. Os gatos brancos dessa raça podem também apresentar olhos azuis ou a heterocromia (“tradução”: um olho de cada cor).

Maine Coon 5

Uma curiosidade super interessante desses animais é a facilidade com que eles se adaptam aos banhos periódicos e aos passeios com coleiras. – Claro que se acostumados desde pequenos.

Um ponto hiper importante na hora de se escolher um filhote dessa raça, ou de qualquer outra, é verificar a propensão as doenças. No caso do Maine Coon a cardiomiopatia hipertrófica (CMH) é muito presente e trata-se de uma doença hereditária. – Então aquela dica que está sempre presente nos posts de raça: Proponha uma consulta com um médico veterinário de sua confiança, assim você evita surpresas desagradáveis no futuro.

Maine Coon 7

Esse gato é uma FO-FU-RA! E uma ótima opção para aquelas pessoas que vivem juntas e ainda não entraram em acordo em ter um gato ou um cão. Caso não dê para ter os dois animais, o Maine Coon é um perfeito meio termo.

Maine Coon 8

Olhando as fotos, não dá para perceber muito bem o porte desse pet, por isso achei um videozinho no youtube, que dá para ter uma noção. Outra característica muito interessante de se ver no vídeo é sobre a vocalização desses gatos, que em geral é baixa e não condiz com seu tamanhão!

Super indico fuçar lá no youtube! Há vários vídeos legais sobre o comportamento desses animais. Até alguns truques que esse cachorro gato aprende (ex: dar a patinha, buscar a bolinha etc).

E vocês? Gostam dos Maine Coons? Deixem respostas e sugestões nos comentários, pois a participação dos leitores é extremamente importante para mim.

Maine Coon 9

Uma abraço especial para meu papito maravilhoso e meu irmão mais que lindo, que vivem comentando sobre esse gato gigante!

Um super beijo e até a próxima!


Redes sociais do blog: Facebook ♥ Instagram ♥ Twitter ♥ Youtube.

Direitos Autorais das imagens | Copyright – clique aqui.

Mayra Catharino
Médica Veterinária pela Universidade Federal de Viçosa (UFV), apaixonada por fotos e bichos. Enxergou na internet a oportunidade de ajudar pessoas e pets, se encantando pela blogosfera, criando assim o Divã Veterinário. Para saber mais, clique aqui