Divã Veterinário
Caninas

Mania de Raça: Shiba

Mayra Catharino2 comments1156 views

À pedidos de um amigo muito querido, hoje o Mania de Raça vai parar do outro lado do mundo! Venho trazer informações dessa lindeza de cachorro, o Shiba– Também conhecido como Shina Inu (que significa “cão do mato”, ou se não quiser levar tanto ao pé da letra, “cachorro dos arbustos”)

Como já deu para reparar, esse pet é originário do Japão e estipula-se que o seu surgimento tenha ocorrido no século III a.C., porém não era muito semelhante aos exemplares que temos hoje em dia, a não ser pela orelha ereta e o rabo enrolado.

shiba 1

A Segunda Guerra Mundial, foi extremamente impactante para esses animais, quase levando-os a extinção. Além dos perigos oferecidos pelo Homem, os Shibas também tiveram que enfrentar as grandes incidências de cinomose – doença a qual até hoje não existe vacina, nem tratamentos eficazes.

Frente a ameaça de extinção, os poucos exemplares foram recuperados de interiores remotos e procriados com intuito de salvar a raça, dando origem aos Shibas de hoje em dia. Em 1936, foram proclamados produtos preciosos naturais da Nação Japonesa.

shiba 2

Inicialmente eram utilizados como cães de caça, porém hoje sua principal função é ser um cão de companhia. Sua beleza, docilidade e ingenuidade combinada com sua coragem e postura fazem desse cachorro um ser apaixonante.

Porém, sua natureza gentil e dócil tem um limite. São cães muito possessivos tanto com o dono, quanto com seus pertences. Por essa característica, deve-se tomar muito cuidado ao querer criar essa raça em conjunto com outros animais ou até mesmo crianças. – Importante ressaltar que estou falando de uma tendência e tudo dependerá do cão e de sua criação.

shiba 3

Se com os conhecidos ele já se comporta de uma maneira cautelosa, nem preciso dizer com estranhos, né?! Não é um cão muito receptivo e com certeza adotará uma postura desconfiada até conhecer melhor a pessoa. – Há alguns donos que acabam tendo problemas de agressividade devido à este comportamento (mais um motivo de se realizar a castração!)

O porte médio e atividade moderada exigem espaço, porém não tanto quanto outras raças, sendo ideal para medianas áreas de criação – Lembrando que independentemente do tamanho da área oferecida à um cão, este necessita passear regularmente.

Sua linda pelagem – que é uma das características mais irresistíveis da raça – é dupla, densa e semilonga, exceto na cauda que possui pelos longos. Essa fofura ambulante necessita de um cuidado semanal (leia-se: escovação). Suas cores oficiais são: preta, preta com castanho, branca, vermelha e tigrado (preto, vermelho e branco).

shiba 4

Durante sua vida, estimada em 10 a 12 anos, esse animal demostra grande afetividade pelos donos, apesar de ser um pet independente (ou seja, sua busca por atenção não é considerada alta). É um ótimo companheiro e sua beleza e docilidade, com certeza vão te conquistar! – Ótimo amigo para pessoas não muito carentes, hahahaha!

Gostaram da raça de hoje? Você teria uma Shiba? Deixem suas respostas e sugestões nos comentários!

shiba 5

Um abraço especial para meu amado amigo Cauê Moalli, mais conhecido como Xuxa, pela sugestão e pelo apoio ao blog!

Um super beijo e até a próxima!


Literatura utilizada:

  1. National Shiba Club of America – um site para quem está querendo saber mais sobre a raça – clique aqui.

Redes sociais do blog: Facebook ♥ Instagram ♥ Twitter ♥ Youtube.

Direitos Autorais das imagens | Copyright – clique aqui.

Mayra Catharino
Médica Veterinária pela Universidade Federal de Viçosa (UFV), apaixonada por fotos e bichos. Enxergou na internet a oportunidade de ajudar pessoas e pets, se encantando pela blogosfera, criando assim o Divã Veterinário. Para saber mais, clique aqui

2 Comments

  1. Ola, tenho meu Shiba esta com 3 meses e meio, ele tem mostrado alguns compartimentos agressivos comigo, principalmente quando ele quer fazer algo que não pode e eu tento impedi-lo. O que devo fazer para acalmá-lo e para que ele pare de me morder nessas horas, obrigada.

    1. Olá Lilian,

      Comportamento canino é algo muito complexo. Ele consiste em uma interação entre o tutor, o animal e o ambiente. Seria necessário avaliar todos esses pontos para tomar as devidas atitudes. Como ele é novinho ainda, somente 3 meses, recomendo você procurar um adestrador. É desde o início que temos que educar nossos pequenos, pois é nessa fase que eles aprendem comportamentos que carregarão para o restante da vida. Após adultos, é necessário muito esforço para mudar comportamentos desagradáveis.
      Algumas pessoas tem menos problemas devido a raça e ao próprio animal. Como o seu caso é um Shiba, que é um cão de personalidade forte, e já está demonstrando traços de mau comportamento desde filhote, o adestramento seria algo muito benéfico e necessário.
      Espero ter ajudado.

      Abraços!

Gostou? Então comenta!