Divã Veterinário
NotíciasRemédios e Vacinas

NexGard™: Nova forma de combater os ectoparasitas de cães

Mayra Catharino84 comments9021 views

Acaba de chegar no mercado brasileiro, um novo produto para nos ajudar a combater os ectoparasitas de cães: O NexGard™. – Ectoparasitas é o nome atribuído aos parasitas que se instalam fora do corpo do hospedeiro, entre os mais conhecidos estão a pulga e o carrapato, que são exatamente os monstrinhos que esse produto combate.

Sim, você leu certo! O NexGard combate tanto carrapatos, quanto pulgas! – Digam “adeus” aos manejos e tratamentos diferentes. Essa belezinha veio descomplicar nossa vida!

nexgard 2

Tudo isso é possível, pois o produto tem como princípio ativo o Afoxolaner, um membro das isoxazolinas antiparasitárias. O mecanismo de ação acontece através da interação com os receptores GABA e com os receptores de glutamato dos canais de cloro, agindo sobre o sistema nervoso central e na junção neuromuscular, resultando em um hiperexcitação irreversível e consequentemente a morte. – Mas calma, essa droga é segura, pois possui especificidade para os receptores dos artrópodes e não para os dos cães.

NexGard 1

O Afoxolaner possui uma rápida absorção, alta biodisponibilidade, distribuição moderada para os tecidos e baixa depuração sistêmica. Essa última característica atribui uma meia-vida longa, que traduzindo seria um longo tempo de permanência no organismo, e consequentemente de ação (aproximadamente 30 dias de ação). Outra coisa que contribui para seu efeito prolongado são as altas concentrações no plasma, devido sua ligação com as proteínas plasmáticas. A eliminação ocorre tanto pelo sistema hepático, quanto pelo urinário – ATENÇÃO: Essa droga não deve ser utilizadas por cães que possuem alguma deficiência nesses sistemas! (É óbvio, mas sempre é bom reforçar!)

O produto promete eliminar as pulgas em até 06 horas após administração e carrapatos em 48 horas. E como se já não fosse bom o bastante, sua apresentação é em tablete mastigável. Importante ressaltar que o estado prandial do animal não influencia na eficácia – Também digam “adeus” ao sofrimento de dar o comprimido para seu dog! Nada de forçar a engolir e nada de jejum!

Para provar o quão fácil é administrar isso para seu animal de estimação, eis aqui um vídeo da Antonia – a cachorrinha da Mari, dona do ItPet Blog, que foi aonde eu soube dessa novidade!

O NexGard é produzido no Brasil, pela Merial, desde de 2013 e exportado para aproximadamente 100 países, porém somente agora ele estará disponível no mercado nacional. Possui a aprovação da Food and Drug Administration (FDA), da Agência Europeia de Medicamentos (EMA) e do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

grass-dog-breed-collie

NUNCA MEDIQUE SEU ANIMAL POR CONTA PRÓPRIA! Caso tenha se interessado , converse com o médico veterinário do seu cachorro!

IMPORTANTE: NexGard não deve ser utilizado em cadelas prenhas, nem cadelas que estão amamentando! Não há estudos sobre como a substância agiria em fetos e filhotes.

E o último aviso, mas não menos importante: Esse produto é para uso exclusivo de cães! Gatos são animais completamente diferentes e não se sabe como esse composto se comporta no organismo felino.

Espero que vocês tenham gostado das informações a cerca dessa novidade. Não esqueçam de COMENTAR para que eu saiba a opinião de vocês e de COMPARTILHAR para levar essas informações para outras pessoas. E se quiser ficar por dentro de outros lançamentos, SIGA o Divã Veterinário nas redes sociais: Facebook| Instagram | Twitter | Youtube

Um beijo especial para a Mari do ItPet Blog e para minha amada amiga Constante, que mesmo estudando no exterior, vive me auxiliando com as traduções dos artigos.

Um SUPER beijo e até a próxima!


Literatura utilizada:

  1. LETENDRE, Laura. The intravenous and oral pharmacokinetics of afoxolaner used as a monthly chewable antiparasitic for dogs. Revista Veterinary Parasitology, Duluth, USA, v.201, p. 190-197, Abril 2014. Disponível em < http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0304401714000946# > Acesso em: 26 mar. 2015

Direitos autorais das fotos: A primeira imagem foi retirada do ItPet Blog, a segunda do artigo e a terceira da internet (clique aqui)

Mayra Catharino
Médica Veterinária pela Universidade Federal de Viçosa (UFV), apaixonada por fotos e bichos. Enxergou na internet a oportunidade de ajudar pessoas e pets, se encantando pela blogosfera, criando assim o Divã Veterinário. Para saber mais, clique aqui

84 Comments

    1. Boa noite!Gostaria de saber se realmente tenho que dar todo mês o nexgard ou posso dar de 2 em 2 meses ou de 3 em 3 meses?Não faz mal ao cachorro se der todo mês?com o tempo o organismo dele pode se acostumar e não fazer mais efeito?

    2. Oi, Camila!

      Esse remédio e o concorrente são indicados para animais com 2kgs ou mais… Se ele engordar um pouquinho ele pode sim 🙂
      Pode parecer besteira, mas 100 gramas fazem diferença.

      Abraços!

  1. Eu dei o Bravecto e realmente é muito eficiente só que vi relatos sobre ele e após 20 dias a minha cachorrinha teve uma reação parecida dos relatos e teve que tomar antibiotico, quero testar o nexgard por ser um tempo menor de proteção acredito que a dosagem não seja tão forte a ponto de causar problemas novamente, mas confesso que estou com medo de testar.

    1. Oi, Juliana!

      Minha opinião profissional é que se seu animal apresentou reação ao Bravecto, recomendo não utilizar NexGard também. As moléculas são muito parecidas, da mesma família.
      Eu não arriscaria.
      Espero ter ajudado!

      Abraços!

  2. Oi Mayra! Adorei esse artigo.
    Me tira uma dúvida? Meu cachorro toma Nexgard desde 4 meses e nunca achei pulga e nem carrapato, mas agora a noite achei um carrapato andando no pelo dele (é um Westie, então fica mais fácil ver) . Estamos no sítio e o contato dele com mato é inevitável.
    Como é a ação do Nexgard? Ele não deixa o carrrapato/pulga morder ou morde e morre? Como se dá essa prevenção contra as doenças transmitidas por esses parasitas?
    Beijo

    1. Olá, Márcia!

      O veneno fica circulante no sangue e quando o parasita pica, ingere o veneno e morre.
      Esse tipo de remédio não protege contra as doenças transmitidas pelas picadas.
      Espero ter esclarecido suas dúvidas.

      Abraços!

    1. Olá, Márcia!
      Pode sim, como disse na matéria, o remédio fica no sangue do animal e quando o carrapato ou a pulga picam, morrem envenenados.
      Não se preocupe que essa substância é tóxica para os parasitas, não para o cão.
      Não há problemas nenhum em dar banho no animal.

      Espero ter ajudado.
      Abraços!

    1. Oi, Michel!

      É normal, porque as picadas que ele tomou continuarão coçando. E picadas de carrapatos e pulgas coçam demais!
      O importante é verificar se as pulgas ou carrapatos estão morrendo.

      Abraços!

    2. Ola dei nexgard para minha cadela que esta amamentando os bebes ja tem 38 dias vai prejudicar os bebes?

    3. Olá, Leonice!

      Não há estudos sobre o efeito dessa substâncias em filhotes, então não deve ser utilizado em cadelas prenhas, nem cadelas que estão amamentando.
      Recomendo você ir urgentemente ao médico veterinário do animal.
      Ele provavelmente irá instruir para que os filhotes não tomem mais o leite materno e sim um sucedâneo e prescreverá remédios para secar o leite da cadela (isso é importante para o leite não coagular e causar inflamação da mama).
      Não deixe de ir ao médico veterinário, pois não sabemos se pode causar intoxicação ou até mesmo a morte em animais filhotes.

      Abraços!

  3. Boa Noite, gostaria de saber se você indicaria Nexgard, para cadela prenha, minha cachorra sempre usou nexgard e agora está grávida, queria saber se ela pode usar?

    1. Olá, Stephanie!

      NexGard não é indicado para cadelas prenhas, nem cadelas que estão amamentando. Você terá que usar outro tipo de produto para controlar carrapatos e pulgas durante essa fase maternal.

  4. Boa noite.
    Minha cachorrinha de 5 anos usa a coleira Scalibor . Como vou para uma fazenda no Réveillon, resolvi comprar o nex gard com medo de carrapatos.
    Minha dúvida é, se posso dar o nex gard mesmo ela usando a coleira Scalibor.

    1. Desculpe a demora para responder, Carmen.
      Mas não há problemas de usar coleiras com o NexGard ou o Bravecto.
      Mas a Scalibor também age contra carrapatos…. Seria utilizar duas proteções, o que pode ser um gasto desnecessário.
      Porém se o ambiente for muito lotado de carrapatos, pode-se recorrer a utilização dos dois produtos.
      Espero ter esclarecido sua dúvida, mesmo tardiamente.

  5. Super recomendo o nexgard muito bom minha cachorrinha de um dia para o outro ficou infestada de capatos de dodos os tamanhos e formas nunca tinha visto nada igual, aí dei combate na casa pq não tenho quintal, não adiantou até que dei o nexgard adorei o resultado pois minha cachorrinha tava sofrendo muito, a três meses eu dou pra ela não vejo mas nada nem um tipo De carrapato e nem pulgas…. Muito satisfeita.

  6. Boa tarde,

    Eu passei o Podium 100 ( que passa da nuca à cauda) no meu cãozinho ontem à noite e dei meio antialérgico que a vet receitou para diminuir a coceira por causa das picadas das pulgas. Deu uma diminuida na coceira mas não cessou completamente, então comprei o nexgard. Gostaria de saber se posso dar o nexgard para ele menos de 24 hs após ter passado o podium. O nexgard vai para a corrente sanguínea, já o podium eu não sei. Poderia me ajudar?

    Obrigada

    Virginia

  7. Muito esclarecedora matéria!
    Tenho uma dúvida.. Minha boxer de 10 anos toma fenobarbital há um ano( suspeita de tumor cerebral).
    Encontrei 2 carrapatos nela e comprei o nexgard adequado para o peso. Ao ler a bula fiquei com medo,mesmo o veterinário alegando não haver problema.Gostaria uma opinião!

    1. Eu tinha um husky siberiano com eplepsia. Toda vez que ele tomava nextgard tinha muitas convulsoes. Demoramos descobrir que era o remedio. Ele ficava muito ruim. Uma vez quase morreu gardenal nao cortava as convulsoes tivemos que interna-lo para darem diazepam direto na veia. Nao recomendo para vc. Ate na bula fala que nao é indicado para caes com historico…

  8. bom dia, gostaria de saber qual é melhor se o comfortis se o nexgard? Tenho uma cadelinha de 4 meses pastor alemão e de vez em quando coça nao sei se será vicio se será pulgas. Ela à 3 semanas tomou o nexgard.

    1. Eu particularmente acho que o NexGard vale mais à pena, pois ele age contra pulgas, carrapatos e outros ectoparasitas. Já o Comfortis só age sobre as pulgas.
      Você não deve misturar os dois produtos.
      Caso não tenha resolvido, você pode optar pela limpeza do ambiente. Eu indico o K-Othrine SC… Já fiz até resenha aqui no blog.

      Espero ter esclarecido as dúvidas.
      Abraços!

  9. Olá! Usei spray com permetrina (Vaponex) na minha cadelinha e hoje, 2 dias depois, vi uma reação de hipersensibilidade onde apliquei, daí enxaguei bem com água, pq ainda tinha bastante resíduo nos pelos… Minha dúvida é: comprei o Bravecto, já posso administrá-lo ou preciso dar um tempo de pausa do ocorrido?

    1. Olá, Ani!

      Como sua cadelinha já apresentou hipersensibilidade, sugiro levá-la ao médico veterinário dela e conversar sobre assunto. Reações de hipersensibilidade na pele são fáceis de lidar, porém reações de hipersensibilidade por remédios via oral podem ser muito mais complicadas. Então sugiro que converse com o profissional que acompanha o pet.
      Caso o profissional indique, sugiro a administração no horário que a clínica abrir, pois caso ocorra algum problema, você terá a quem recorrer.

      Abraços!

    1. Eu tive bons resultados com Advantage da Bayer para pulgas, até fiz resenha desse produto: http://divaveterinario.com.br/2015/12/08/review-advantage/
      Existe o Advantage Max 3 que combate pulgas, carrapatos e piolhos, mas nunca testei. Acho que vale a pena testar, pois ambos podem ser utilizado em cadelas prenhes ou lactantes, em animais idosos e em filhotes (cães a partir de 06ª semana de idade e gatos a partir de 10ª semana de idade).

      Espero ter ajudado!
      Abraços!

  10. Minha querida, primeiro: Super parabéns por este blog. Muito esclarecedor.
    Estava na dúvida em dar nexgard ao meu cão Pastor Alemão capa preta, porém amanhã irei comprar e dar, pois já vi que sem algo efetivo não vou conseguir acabar com o inferno de carrapato que chegou aqui em casa.
    Obrigada!

    1. Ana Karla, agradeço muito o carinho e fico extremamente feliz em ajudar.
      Pelo visto, você está com problemas com carrapatos na sua casa né?!
      Caso ajude fiz um post dando 11 dicas para acabar com essa praguinha: http://divaveterinario.com.br/2015/02/19/11-dicas-para-combater-carrapatos-em-caes/
      Tem também resenha do shampoo antipulga e carrapaticida que utilizo: http://divaveterinario.com.br/2016/02/18/review-shampoo-ecovet/
      E do veneno ambiental que algumas vezes me socorre: http://divaveterinario.com.br/2014/05/05/review-k-othrine-sc/

      Espero que ajude!
      Um SUPER beijo!

    2. Aqui em casa deu uma infestacao. Tonha dois huskys muito peludos. Os carrapatos estavam subindo pela parede dos comodos da casa parecendo formigas. Terrivel. Gracas a Deus encontrei um veterinario que me falou sobre o nextgard. É caro mais super compensa. Nunca mais tive problemas e dou a cada 2 meses. Compre sem medo.

  11. Me falaram muito bem do nexgard e do bravecto, qual seria mais indicado? E qual a diferença entre os dois?

    1. Eles são concorrentes, Juliana.
      Tem o mesmo mecanismo de ação.
      Porém, o Bravecto dura 3 meses e o NexGard apenas 1 mês. Verifica qual o melhor cuxto x benefício.

      Abraços!

  12. Achei super interessante o artigo no qual tirou muitas duvidas porem me resta algumas duvidas será que poderia me esclarecer?
    Meu cão de tres anos nao possui pulga nem carrapato mais volte meia se coça e uma vez ou outra surge um carrapato no qual logo removo, Nexgard combate a doença do carrapato? ele tem chances de ter esta doença?

    1. Claro colega! A doença do carrapato é transmitida através de um carrapato infectado! Se ele der o azar deste carrapato estar infectado, já era!

    2. Aiiii vc ta descuidando demais. Basta 1 carrapato infectado, umzinho só e já era. Compre o nextgard e muito bom! Previne sim. Meu cachorro ja teve doencas do carrapato 3 vezes ficou muito anemico quase perdi ele. Agora nao arrisco mais. Compro nextgard para todos. Ate pq o gasto com vitamina antibiotico e remedio para figado e bem maior caso seu cachorrinho fique doente.

  13. Boa noite,
    Tenho um pug e ele está cheio de pugas, comprei o Nexgard e lhe dei a uns cinco dias. Hoje me deparei com uma infestação horrível, ele vai andando e várias pugas vão caindo do corpo dele por onde ele passa. Agora não sei se isso é efeito do remédio que faz as pugas pularem fora ou se o remédio não resolveu. Vocês poderiam por favor me ajudar nessa questão? Pois não sei exatamente como o remédio procede.Aguardo

    1. Olá, Leandro!

      As pulgas estão caindo mortas ou vivas? Pois o remédio só faz efeito quando a pulga pica o cão… Então pode acontecer da pulga não picar o cão, logo ela fica viva. Com o passar do tempo, o NexGard tende a ir controlando as pulgas, pois uma hora elas precisam se alimentar e acabam ingerindo a substância que fica no sangue do cão.
      Porém, se você está com uma infestação, você precisa fazer um controle ambiental também! Infestações necessitam de controle pelo ambiente e pelo animal. Recomendo usar no ambiente, o K-Othrine SC… Até fiz resenha desse produto aqui no blog: http://divaveterinario.com.br/2014/05/05/review-k-othrine-sc/
      Tem também o Fleegard que é um spray contra pulgas para passar nos móveis (só nos móveis, não no animal, ok?!). Mas esse eu nunca testei, dizem que é bom.

      Depois me conta se resolveu.
      Abraços!

    1. Que ótimo, Cirlene! É tão bom quando vocês dão esse retorno, pois assim tenho mais opiniões na hora de indicar um produto para outro leitor.

      Beijos!

    1. Não protege, pois não impede a picada. É através da picada a transmissão e o carrapato precisa picar para ingerir o veneno e morrer.
      Se um outro cão tinha, ao picar seu cão pode passar.
      Mas há cães que são expostos as doenças do carrapato (erliquiose, babesiose etc) e conseguem lidar muito bem. O fato de ter uma baixa exposição, ajuda.

  14. Boa noite, Mayra!

    Primeiramente gostaria de elogiar seus posts, ajudam bastante, certamente será uma profissional e alta competência. Parabéns!

    Agora minhas grandes dúvidas rsrs, meu dog de 6 meses pesa 10 kg, então, por receio de uma dosagem acima do indicado, dei a ele o NexGard 4,1 a 10 kg. Porém, após 10 dias, os carrapatos estão voltando. Não sei se o problema foi a resistência, dose errada, carrapatos no ambiente (tanto na casa quanto nos vizinhos…), enfim, voltaram a atacá-lo :/
    Qual seria a dose mais indicada na sua opinião? Eu deveria comprar um outro remédio (Bravecto, por exemplo) nessa mesma faixa ou aumentar para um de 10 a 20 kg? E mais, quando ele poderia tomar outro remédio? Devo esperar os 30 dias ou já posso dar outro?

    Grata pela atenção, abraços!

    1. Boa noite, Huanda! (Acertei seu nome?)

      Primeiramente você NÃO deve repetir o NexGard ou Bravecto, pois o período de permanência da droga no organismo é de aproximadamente um mês para o NexGard e 3 meses para o Bravecto. Repetir pode ultrapassar a dose recomendada, causando intoxicação e esse tipo de intoxicação não é possível reverter.
      O que pode estar acontecendo é que a infestação é muito grande e o remédio não deu conta.
      Como não pode utilizar esse tipo de carrapaticida, pois já administrou, opte por uma coleira. No meu cachorro em Santos, utilizo a Kiltix e gosto bastante.

      Outra possibilidade é que você pode não estar sofrendo de uma infestação de Rhipicephalus sanguineus, que é o carrapato mais comum em cães. Se a infestação é por outro tipo de carrapato, estes podem estar em seu cão por ausência do hospedeiro preferencial deles. E para ser sincera, não sei qual seria a performance desses produtos em outras espécies de ectoparasitas.

      Uma coisa importante que você comentou é que seu vizinho também está com problemas. Nesse caso, é preciso que ambos se unam nas atitudes para combater a infestação.
      Eu fiz um post dando algumas dicas sobre como combater carrapatos em cães e acho que pode lhe ajudar: http://divaveterinario.com.br/2015/02/19/11-dicas-para-combater-carrapatos-em-caes/
      E não se esqueça de levar seu cão no médico veterinário, pois o carrapato pode transmitir doenças!

      Depois me conta se conseguiu vencer a guerra contra os carrapatos.
      Abraços!

    2. Boa tarde, Mayra!

      Haha sim, acertou =)

      No dia seguinte à minha mensagem, durante o banho dele, percebi que boa parte dos carrapatos mencionados antes morreram. Fiquei bem aliviada ao saber que o remédio realmente tem ajudado.
      Vou procurar aqui sobre a coleira, certamente será uma boa aliada contra os carrapatos.

      Agradeço imensamente pelas informações, Mayra. Obrigada!!

      Abraços!

      PS.: indo agora ler o post sobre as dicas contra os carrapatos rsrs.

  15. Olá!!
    Gostaria de saber em relação a banhar o animal.Pode-se dar banho um dia após o uso do medicamento?

    1. Oi Rosana,

      NexGard (e o Bravecto, outro produto com o mesmo tipo de ação) não possuem sua eficiência alterada pelos banhos. Como a substância contra os carrapatos e pulgas fica no sangue do cão, não há problema nenhum em dar banho no animal, seja antes ou após a administração.

      Abraços!

  16. Mayra, boa noite. Tenho um Pug e um Shitsu, no entanto começou a aparecer nos dois um carrapato que nunca vi, ele é mole também, mas preto e meio redondo e pequeno, as patas praticamente não aparecem, fiz uma dedetização na área que eles ficam, levei pra tomarem banho e dei Nexgard pros dois. Você acha que isso vai ser suficiente ? E outra, existem alguns pássaros que beberam a água deles e tem aparecido muitos passaros, pode ser deles ? Obrigado

    1. Olá Pedro,

      Apesar de não ser frequente, pássaros podem sim trazer ectoparasitas.
      A dedetização deve ocorrer não só na área deles, mas em todos os locais que eles tiverem acesso na casa. Não posso dizer que será suficiente, pois não conheço o ambiente, é questão de observar mesmo. E também tem que averiguar se o veneno utilizado para dedetização possui efeito residual, ou seja, se continua agindo um tempo mesmo após aplicado. (Eu uso e recomendo o K-Othrine, até fiz resenha aqui no blog – link aqui)
      Caso não seja o suficiente, tem uma matéria no blog que dou 11 dicas de como combater carrapatos – link aqui.
      Depois me dê notícias se conseguiu se livrar desses visitantes nada bem-vindos.

      Abraços!

  17. Boa noite Mari! Tudo bom? Usei o Nexgard na minha cadelinha, porém não faz nem 15 dias que a mediquei e acabei de encontrar um carrapato vivo no chão! E tenho a certeza que caiu do corpinho dela, pois detetizamos o ambiente e ela não para de se coçar! O que posso fazer? Estou desesperada!

    1. Olá Beatriz,
      Primeiramente o carrapato vivo pode sim ter caído de sua cadelinha, pois o remédio só faz efeito quando ingerido. Se ele estava nela e não picou, não ingeriu a substância e logo, não morrerá. Mas não precisa ficar desesperada por conta de um só carrapato.
      Segundo, picada de carrapato coça demais. Se ela estava com problemas de carrapato já, deve estar cheia de picadas que irão coçar mesmo após a utilização do remédio.
      Deve-se verificar se não há alterações de pele ou uma coceira muito intensa, pois pode ser sinal a DAPE (dermatite alérgica a picada de ectoparasitas), que é uma reação alérgica a picada de carrapatos e pulgas. Se for esse o caso, é necessário uma consulta ao médico veterinário e um tratamento cuidadoso.
      Caso seja só uma consequência das picadas anteriores, nada muito grave, você pode associar um shampoo. Gosto de usar o da Ecovet que é antipulgas, carrapaticida, combate piolhos e ajuda no tratamento de sarna. Ele possui um ingrediente que auxilia a diminuir a coceira. (Já fiz resenha dele no blog – link aqui).
      Espero ter ajudado!

      Abraços!

    1. Olá, Nagila!

      Não há nenhum relato sobre isso e tenho certeza que se funcionasse, iriam anunciar, afinal venderia mais.
      O médico veterinário pode indicar um produto mais apropriado.

      Abraços!

  18. Boa tarde . adorei os comentários

    Boa tarde , preciso tirar uma duvida ….tenho um shitzu de 3 anos e meio …jamais teve pulga , só que a 2 meses esta cheio e não consigo combater ….
    dia 29/02 dei confortis …..não adiantou nadaaaaaaaa……dei capstar ( umas 3 vezes para matar rapido as que ele tinha ).;…..fiz varias limpezas na casa , segunda passada coloquei uma pipeta de frontline plus e nadaaaaaaaa….esta cheio de pulgas novamente ….usou anos a coleira anti pulga da Defender e nunca pegava …..
    não sei mais o q fazer ….

    comprei NEXGARD
    ACHA QUE HJ , DIA 20/03 POSSO DAR ? mesmo ele tendo tomado esse confortis dia 29/02 OU É MUITO VENENO PARA ELE ?
    por favor me ajude
    bjsss

    1. Oi Fabiana,

      A primeira coisa é CALMA! Provavelmente você está lidando com um caso de resistência.
      O problema tanto do Capstar, quanto do Comfortis é seu tempo de ação muito curto. Eles agem no máximo nas primeiras horas e olhe lá. São produtos que indico para quando você vai adotar um animal e levá-lo para casa, pois você está mudando de ambiente. Pulgas e carrapatos não ficam somente no cão, mas também pela casa.
      Li o resumo das características do Comfortis na Agência Européia de Medicamentos (link aqui) e sua sobrevida no corpo do animal é de aproximadamente 163 horas. Então recomendo ficar uma semaninha aí sem dar nenhum medicamento. Após esse tempo, você pode optar NexGard (1 mês de ação) ou Bravecto (3 meses de ação). Alguns animais vem apresentando hipersensibilidade a estes compostos (algo esperado para qualquer tipo de substância), então se for administrar, faça isso no horário em que seu médico veterinário esteja atendendo, pois assim, caso ocorra algum problema, você pode levá-lo. (Mas são produtos bem eficientes e ajudam a combater).

      Enquanto esses 7 dias não passam, vou te dar algumas dicas bem úteis:
      – Utilize Shampoo que tenham ação contra pulgas. Gosto bastante do Shampoo EcoVet, até fiz resenha dele aqui no blog – link aqui.
      – Limpeza na casa é a mais nova regra, varra com a maior frequência possível. Não esqueça de aspirar o sofá e os tapetes.
      – Utilize algum veneno ambiental. Eu utilizo K-Othrine SC, já expliquei como uso e os cuidados que devemos ter – link aqui.
      – Se livre de tudo o que for de pelúcia e/ou tecido que pertença ao animal. São ótimos lugares para a pulga se esconder. Depois você compra outros.
      – Caso não dê para se livrar, por exemplo um coberto caro, deixe de molho no K-Othrine diluído, depois lave e deixe exposto ao Sol.
      – Deixe colchões e tapetes expostos ao Sol, a alta temperatura espanta as pulgas.

      Espero que tenha ajudado!
      Depois me conte se conseguiu solucionar seu problema.

      Abraços!

  19. Oi, li todos os comentários. Já comprei tanto o bravecto como o nexgard, gostei dos dois, a duração do produto é superior ao previsto. Mas li um artigo que alerta morte de cães por envenenamento devido estes produtos, então confesso que fiquei muito preocupada. Mary, você pode esclarecer alguma coisa sobre isso?

    1. Roselma, minha linda!

      Andei debatendo com meus colegas, tanto os estudantes, quanto veterinários formados, pois acredito que assim que a gente caminha para um senso crítico, uma opinião sensata.

      Inicialmente temos que entender que toda substâncias possuem animais sensíveis. Um ótimo exemplo é a ivermectina que não pode ser utilizada em Collies e algumas outras raças, pois esses indivíduos possuem mutação de um gene que é responsável por uma proteína com a função de expulsar a ivermectina da célula. Por essa mutação, a ivermectina se torna tóxica. Mas nem por isso deixamos de utilizar a ivermectina em outros cães, pois é um medicamento que auxilia em muitos tratamentos.
      É assim também com os seres humanos, algumas pessoas não podem com penicilina, outras não podem comer camarão ou até mesmo usar um perfume. Meu próprio cachorro possui intolerância alimentar. Se tudo funcionasse igual para todos, a Ciência seria muito mais fácil. Porém, infelizmente, a vida real é mais complicada.
      Além disso, as pessoas ficam chocadas ao lerem sobre 200 e tantas mortes de cães. Mas se compararmos ao número de cães que tomaram (e tomam) o Bravecto e o NexGard, esse número é pequeno.
      Obviamente as empresas precisam pesquisar acerca disso, afinal trata-se de uma molécula nova. E a partir daí, esclarecer a população sobre os acontecimentos.

      Minha única preocupação é por ser sistêmico e ter uma permanência duradoura no organismo. Para animais sensíveis, tentar reverter esse quadro, deve ser bem problemático e desafiador.

      Agora vou lhe dar minha opinião pessoal: Se meu cão tomasse esse medicamento e não apresentasse nenhum problema, eu não ficaria preocupada. Claro que toda vez que fosse administrar ficaria de olho, mas não abriria mão de um método tão eficaz por conta dos ocorridos. Caso apresente diarreia, vomito ou qualquer sintoma ou comportamento diferente, logo após a administração, aí eu suspenderia o uso (e correria para o veterinário!).

      Espero que meu parecer tenha ajudado em algo. Obrigada pela pergunta e levar em consideração minha opinião.

      Abraços!

    1. Olá, Gabriela!

      Bravecto possui um princípio ativo da mesma família, porém seu tempo de ação é maior, de 3 meses. Muito bom que sua York não tenha se infestado, mas saiba que a empresa só garante que são 3 meses de proteção.
      Muito obrigada pelo seu comentário!

      Abraços!

  20. Boa tarde. Estou querendo comprar um desses produtos para dar à minha cachorra, mas minha preocupação maior é com a doença do carrapato. Na minha cidade a incidência dessa doença é muito grande. Sempre achei q com um desses medicamentos esses parasitas não subiam mais no animal, mas se sobem, ainda há o risco de contaminação, ou não, já que o produto promete matar os parasitas tão rapidamente.

    Obrigada desde já.

    Adorei o blog!

    1. Boa tarde, Alice!

      Esse produto não protege contra as doenças do carrapato (erliquiose, babesiose…), pois o composto fica no sangue do animal, sendo assim o ectoparasita necessita picar o cão para se envenenar e a transmissão dessas doenças se dá pela picada do carrapato.
      Por cortar o ciclo do carrapato, NexGard reduz o número de parasitas no ambiente, expondo menos o animal. Dessa forma, esse tipo de produto somente reduz as probabilidades do animal ser picado.
      Mas fique tranquila, as doenças do carrapatos são de fácil tratamento. Indico exames de sangue periódicos, para o acompanhamento do estado de saúde do animal, e caso ocorra a doença, a identificação da mesma o mais cedo possível.
      Espero ter esclarecido essa dúvida.
      Obrigada pelo carinho.

      Abraços!

  21. Comprei hoje, espero ver resultados, estou desesperada, nada resolve o problema de carrapatos da minha menininha

    1. Depois volta e me conta, Josiane!
      Tem também o Bravecto que possui o mesmo mecanismo de ação, porém dura 3 meses. Depois você verifica qual tem melhor preço/benefício.
      Aqui em Viçosa tem funcionado bastante os dois.

      Abraços!

    2. Muito bom, foi o único que resolveu o problema da minha filhota, super recomendo

    1. Bom saber que o tablete mastigável facilitou a vida de alguém.
      Obrigada pelo carinho em comentar, Luciana. Esse retorno é muito importante.

      Abraços!

  22. Boa noite…
    Eu tenho um Shih Tzu macho (Greg 5 meses).
    Ele já teve a doença do carrapato, e sempre tentei livrar, mas não conseguia.
    Raças peluda, sabem como é, a gente acha que pegou tosos, mas sempre tem um.
    Hoje, comprei um NexGard pra ele.
    Por indicação da veterinária, tiro e queda.
    Dei por volta de 17h30.
    Não tem uma sequer no meu totó 😉.
    Linda matéria !
    Adorei o produto.

    1. Muito obrigada pelo seu carinho e por contar para nós a sua experiência!
      Mas não esqueça que ainda os parasitos que tiverem no ambiente, vão subir nele, picá-lo e vão morrer por conta da ação do produto.
      Importante ele continuar frequentando todos os lugares que frequentava (casa de amigos e afins).

      Abraços em você e no seu dog!

    1. Olá Gabriella,

      O NexGard pode garantir segurança por apenas um mês. O Bravecto, um produto concorrente, que diz em sua bula que a proteção pode durar 03 meses. Os dois tem um mecanismo de ação parecido e ambos são bons. Você precisa colocar na balança qual tem melhor preço x beneficio.
      Espero ter esclarecido. Muito obrigada pelo seu comentário.

      Abraços!

    1. Olá Samilla,

      Segundo a bula, o produto não foi testado em cadelas prenhe ou lactantes, então não é possível saber as ações que teria. Aconselho buscar outros produtos para combater ectoparasitos.

      Abraços.

    1. Olá Eliene,

      Segundo a bula, o produto não foi testado em cadelas prenhe ou lactantes, então não é possível saber as ações que teria. Aconselho buscar outros produtos para combater ectoparasitos.
      Espero ter esclarecido as dúvidas.

      Abraços.

  23. Gostaria de saber se precisa de uma pausa ou posso dar continuamente?
    Não afeta nenhum órgão do animal com o passar do tempo?

    Obrigada.

    NICE

    1. Olá Nice,

      Não há problemas de utilizar por um longo período de tempo se utilizarmos da maneira correta. Ou pelos menos não ouvi nenhum relato sobre.
      Mas como o pet tem que passar por visitas periódicas ao médico veterinário, o responsável pela saúde do cão pode ficar sempre de olho. O NexGard é eliminado pelo sistema hepático e urinário, então é importante dar um pouco mais de atenção aos órgãos envolvidos. Mas seguindo as instruções do fabricante e do médico veterinário, não há nenhum problema.
      Espero ter ajudado.

      Abraços!

    1. Oi Hélia,

      Alguns animais tem um apetite mais caprichoso, selecionam mais o que comem, por isso ela não deve ter ingerido. Esses animais geralmente dão dor de cabeça na hora de dar remédios, pois eles são desconfiados demais, hahahaha!
      O daqui de casa se eu der, tenho certeza que ele come e ainda vai querer mais.
      Tenta misturar com aquelas comidas de latinhas, super palatáveis. Quem sabe assim.

      E muito obrigada pelo retorno. Fico muito feliz quando os leitores comentam e me falam se a matéria foi útil.

      Beijos!

  24. Adorei a matéria, super explicativa, parabéns pela pesquisa, Mayra! E adorei mais ainda a referência ao It Pet e ao video da minha filhota Antonia – ela é uma grande experimentadora de coisas, ainda mais se tiver jeitinho de comida! Bjs

    1. Que bom que você gostou, Mari!
      Você me ajuda muito postando as novidades, porque aí eu aprofundo a parte veterinária do assunto e levo para meus colegas de curso.
      A Antonia deu todo um charme ao post!

      Beijos!

Gostou? Então comenta!