Divã Veterinário
Notícias

Notícia: Companhia Aérea TAM perde animal de estimação

Mayra Catharino389 views

SDC11408

Já abordei aqui no blog o absurdo fato de não existir legislação envolvendo o transporte aéreo dos animais. Como não há regras para seguir, logo cada um faz o que bem entende e quem sempre sai perdendo nessa bagunça é o cliente. Porém nesse caso quem pagou o pato não foi somente o bolso do passageiro e sim o seu próprio animal de estimação.

Mel, uma mestiça de boxer e vira-lata, é uma cadelinha dócil e sociável e viajaria com a aposentada Francisca Salustiana dos Santos, de 68 anos, para o interior da Bahia, mais especificamente para Feira de Santana. Como Mel não se encaixava nos requisitos para viajar na cabine, foi exigido que ela viajasse no bagageiro, porém o animal nunca chegou ao seu destino.

SDC11400

A explicação da TAM, que não possui fundamentos concretos, é que a cadelinha teria fugido antes de ser embarcada. O estranho é que a companhia aérea mostrou somente uma foto da caixa de transporte, não disponibilizou as filmagens das câmeras de segurança e afirma não poder devolver a caixa, pois a mesma está sob custódia da Polícia Federal. Até hoje a amada Mel não foi encontrada.

foto

Como se a situação toda não fosse o cúmulo, a TAM ofereceu um outro animal para as donas e o ressarcimento dos R$354,00 gastos no transporte do pet. – Eu até agora estou pasma com a RIDÍCULA atitude da TAM! Como podem oferecer outro cachorro? Acham que podem substituir a Mel? Acham que assim vão conseguir escapar das consequências dos péssimos serviços prestados? Perdão pelo desabafo, mas estou abismada com a situação!

E esse descaso não é o primeiro da companhia aérea! No dia 17 de novembro do ano passado, os funcionários da TAM trataram a caixa de tranporte da pequena Sofia como uma bagagem comum. O pet da jornalista Camila Ishibashi teve que ir no bagageiro, pois a caixa juntamente com o animal ultrapassava 01kg do peso permitido pela empresa para a utilização da cabine. – Para saber sobre o caso de Sofia, clique aqui.

montagem

As informações mais detalhadas do caso de Mel são encontradas no site da Uol, onde soube do ocorrido e retirei todas as imagens. O intuito desse texto foi para alertar meus leitores para que NÃO utilizem os serviços da TAM e mostrar a necessidade da criação de uma legislação e fiscalização dos transporte de animais de estimação. O que aconteceu com Mel e Sofia poderia ocorrer com o seu amigo.

SDC11410

COMPARTILHEM esse post para que essas informações alcancem mais pessoas e assim possamos proteger mais animais dos absurdos dessa companhia aérea. E para receber mais avisos como este, siga o Divã Veterinário nas redes sociais: Facebook | Instagram | Twitter | Youtube

Um abraço bem apertado para toda a família da Mel, que Deus dê força para vocês nesse momento tão delicado!

Um beijo e até a próxima!


Direito autorais das fotos: Todas as imagens foram retiradas do site da Uol.

Matéria da Uol da cadelinha Mel – clique aqui

Matéria da Uol da cadelinha Sofia – clique aqui

Mayra Catharino
Médica Veterinária pela Universidade Federal de Viçosa (UFV), apaixonada por fotos e bichos. Enxergou na internet a oportunidade de ajudar pessoas e pets, se encantando pela blogosfera, criando assim o Divã Veterinário. Para saber mais, clique aqui

Gostou? Então comenta!