Divã Veterinário
Doenças

Pré-operatório: A importância do JEJUM

Mayra Catharino619 views

Na hora do nosso pet entrar em cirurgia, nos preocupamos com muitas coisas: A competência dos médicos veterinários que estão no caso, os perigos da anestesia e da intervenção cirúrgica, o tempo do procedimento, o pós-operatório … Enfim, as preocupações são inúmeras, afinal é nosso amigão que está indo para o bloco cirúrgico. Porém há um cuidado pré-operatório que muitas pessoas negligenciam: O jejum.

Esse cuidado é extremamente necessário para garantir a segurança do seu animal e é sobre isso que iremos falar hoje.

jejum 1

O jejum é uma prática utilizada para garantir que o estômago do paciente esteja vazio na hora da cirurgia. Esse “esvaziamento gástrico” é necessário porque a anestesia relaxa os esfíncteres (fibras musculares circulares concêntricas, em forma de anel) e um deles é o esfíncter cárdico, situado no início do estômago. Esse relaxamento provoca a regurgitação, caso o animal esteja com o órgão cheio.

O grande risco da ausência do jejum é a aspiração do conteúdo regurgitado devido ao relaxamento. A anestesia suprime os reflexos protetores, como por exemplo a tosse. Em palavras duras quer dizer que seu pet pode morrer por se afogar no conteúdo estomacal. Outra possibilidade é que os médicos veterinários consigam socorrer a tempo, porém uma pequena quantidade chegue ao pulmão do paciente, dando origem à uma pneumonia por aspiração – Que é uma doença bem difícil de tratar e pode levar à morte do animal no pós-operatório!

jejum 2

E também não é para “dar ALOKA” e exagerar no jejum, pois jejum prolongado demasiadamente também pode causar problemas ao animal. O tempo é estipulado com base em uma série de informações do paciente e do procedimento, como por exemplo a espécie, a idade, a cirurgia, etc. Então, respeite o tempo exigido, tanto do jejum alimentar, quanto do jejum hídrico.

jejum 3

Para que a cirurgia do seu amigo ocorra de uma maneira tranquila, bem-sucedida e sem surpresa, faça a sua parte, siga corretamente as instruções pré-operatória! Uma das coisas mais importantes no tratamento veterinário é a dedicação do tutor ao seu animal.

E caso você não seguiu corretamente o pré-operatório, seja honesto! Não arrisque a vida de seu amigo por causa de uma mentira!

jejum 4

Espero que as informações tenham sido úteis. Fico extremamente feliz quando um assunto aprendido em sala de aula pode vim parar aqui. Não esqueçam de compartilhar e ajudar a conscientizar novas pessoas da importância do jejum pré-operatório.

 

Um SUPER beijo e até a próxima!


Direitos autorais das imagens | Copyright – clique aqui.

Redes sociais do blog: Facebook ♥ Instagram ♥ Twitter ♥ Youtube

Mayra Catharino
Médica Veterinária pela Universidade Federal de Viçosa (UFV), apaixonada por fotos e bichos. Enxergou na internet a oportunidade de ajudar pessoas e pets, se encantando pela blogosfera, criando assim o Divã Veterinário. Para saber mais, clique aqui

Gostou? Então comenta!