Divã Veterinário
Alimentos

Quais petiscos posso oferecer para meu cão?

Mayra Catharino711 views

Quando um cachorro entra em nossas vidas, inúmeras questões surgem, entre elas a dúvida sobre o que podemos oferecer como petisco para nossos peludos. Mas pode ficar tranquilo que o Divã Veterinário vai te ajudar nisso!

petiscos 1Petiscos próprios para cães são liberados, porém devemos tomar cuidado na quantidade de sódio que eles apresentam. Animais idosos, hipertensos, cardiopatas ou com problemas renais devem maneirar nesse tipo de delícia. – E dependendo da gravidade da doença, não devem nem passar no mesmo corredor do petshop!

petiscos 2

Aqueles “ossinhos” brancos com nós na ponta, proveniente do couro do boi, eu particularmente RE-PU-DI-O. São “alimentos” – na verdade, nem devemos chamar assim – que passam por um processo químico horripilante. A médica veterinária nutróloga funcional, Sylvia Angélico, do site Cachorro Verde esclarece isso na matéria: Você sabe como é feito o “osso” de couro bovino?.

Uma ótima alternativa para esses “ossos” são as cenouras cruas, fonte de fibras e vitamina A. Quer coisa melhor? Petisco natural, pet saudável e uma pelagem bonita.

petiscos 4

Frutas também são uma opção maravilhosa! Maçã, banana e até mesmo frutas cítricas. Você não ouviu errado, frutas cítricas sim! Essa história que são ruins para os cães é balela. Novamente a Drª. Sylvia traz esclarecimentos e você pode conferir a explicação no post: Frutas cítricas para cães são mesmo proibidas? – Importante avisar que cães com gastrite não devem consumir frutas cítricas.

Há duas frutas que não devemos dar, são elas o guaraná e as uvas, ambas tóxicas para os animais de estimação. – Expliquei sobre a toxicidade da uva nesse post aqui.

petiscos 5

Já que falamos sobre alimentos tóxicos, eu sempre relembro meus leitores que o café, o chocolate e o açaí são extremamente perigosos e NÃO devemos oferecer ao pet em nenhuma circunstância, nem mesmo no meio de receitas. – Falei sobre o efeito da cafeína e da teobromina, substância presente no chocolate e no açaí, nessa matéria aqui.

Outra alternativa saudável e muito fácil é a carne. Peito de frango sem ossos ou carne moída cozidos, somente em água, são uma boa pedida. E seu cachorro vai amar! Lembrando de não temperar com nada, pois o organismo dos nossos peludos não lida bem com alguns temperos, principalmente a cebola! – Também um alimento tóxico que expliquei aqui.

petiscos 6

Por hoje é isso! Espero que essas dicas ajudem, principalmente os desesperados marinheiros de primeira viagem. E se te ajudou, aproveita e compartilha, assim você auxilia outras pessoas.

Não esqueça de seguir as redes sociais do blog, pois lá eu compartilho um monte de coisas bacanas: Facebook ♥ Instagram ♥ Twitter ♥ Youtube

Um SUPER beijo e até a próxima!


Literatura utilizada: Todas estão linkadas no texto.

Direitos Autorais das imagens | Copyright – clique aqui.

Mayra Catharino
Médica Veterinária pela Universidade Federal de Viçosa (UFV), apaixonada por fotos e bichos. Enxergou na internet a oportunidade de ajudar pessoas e pets, se encantando pela blogosfera, criando assim o Divã Veterinário. Para saber mais, clique aqui

Gostou? Então comenta!